×

Wyszukaj artykuł

Podaj imię i nazwisko autora

Podaj tytuł szukanej piosenki

A Arca de Noé

Utwory wykonawcy:

A Arca de Noé

Sete em cores, de repente O arco-íris se desata Na água límpida e contente Do ribeirinho da mata. O sol, ao véu transparente Da chuva de ouro e de prata Resplandece resplendente No céu, no chão, na cascata. E abre-se a porta da arca Lentamente surgem francas...

A Cachorrinha

Mas que amor de cachorrinha! Mas que amor de cachorrinha! Pode haver coisa no mundo Mais branca, mais bonitinha Do que a tua barriguinha Crivada de mamiquinha? Pode haver coisa no mundo Mais travessa, mais tontinha Que esse amor de cachorrinha Quando vem faz...

A Casa

Era uma casa muito engraçada Não tinha teto, não tinha nada Ninguém podia entrar nela não Porque na casa não tinha chão Ninguém podia dormir na rede Porque na casa não tinha parede Ninguém podia fazer pipi Porque penico não tinha ali Mas era feita com muito es...

A Foca

Quer ver a foca Ficar feliz? É por uma bola No seu nariz. Quer ver a foca Bater palminha? É dar a ela Uma sardinha. Quer ver a foca Comprar uma briga? É espetar ela Na barriga! Lá vai a foca Toda arrumada Dançar no circo Pra garatoda. Lá vai a foca Subindo...

A Formiga

As coisas devem ser bem grandes Pra formiga pequenina A rosa, um lindo palácio E o espinho, uma espada fina A gota d'água, uma manso lago O pingo de chuva, um mar Onde um pauzinho boiando É navio a navegar O bico de pão, o Corcovado O grilo, um rinoceronte U...

A Porta

Sou feita de madeira Madeira, matéria morta Mas não há coisa no mundo Mais viva do que uma porta Eu abro devagarinho Pra passar o menininho Eu abro bem com cuidado Pra passar o namorado Eu abro bem prazenteira Pra passar a cozinheira Eu abro de supetão Pra pa...

A Pulga

Um, dois, três Quatro, cinco, seis Com mais um pulinho Estou na perna do freguês Um, dois, três Quatro, cinco, seis Com mais uma mordidinha Coitadinho do freguês Um, dois, três Quatro, cinco, seis Tô de barriguinha cheia Tchau Good bye Auf wedersehen 

As Abelhas

A abelha mestra E as abelhinhas Tão todas prontinhas Para ir para festa Num zune-que-zune Lá vão para o jardim Brincar com a cravina Valsar com o jasmim Da rosa para o cravo Do cravo para a rosa Da rosa para o cravo E de volta para a rosa Venham ver como dão...

Aula de Piano

Depois do almoço na sala vazia A mãe subia pra se recostar E no passado que a sala escondia A menininha ficava a esperar O professor de piano chegava E começava uma nova lição E a menininha, tão bonitinha Enchia a casa feito um clarim Abria o peito, mandava br...

Corujinha

Corujinha, corujinha Que peninha de você Fica toda encolhidinha Sempre olhando não sei que O teu canto de repente Faz a gente estremecer Corujinha, pobrezinha Todo mundo que te vê Diz assim, ah! coitadinha Que feinha que é você Quando a noite vem chegando Ch...

Menininha

Menininha do meu coração Eu só quero você A três palmos do chão Menininha não cresça mais não Fique pequenininha na minha canção Senhorinha levada Batendo palminha Fingindo assustada Do bicho-papão Menininha, que graça é você Uma coisinha assim Começando a vi...

O Ar

Estou vivo, mas não tenho corpo Por isso é que eu não tenho forma Peso eu também não tenho Não tenho cor Quando sou fraco Me chamo brisa E se assovio Isso é comum Quando sou forte Me chamo vento Quando sou cheiro Me chamo pum! 

O Avião

Sou mais ligeiro que um carro, Corro bem mais que um navio. Sou o passarinho maior Que até hoje você na sua vida já viu. Vôo lá por cima das nuvens, Onde o azul muda de tom. E se eu quiser ultrapasso fácil A barreira do som. Minha barriga foi feita Pra muita...

O Gato

Com um lindo salto Leve e seguro O gato passa Do chão ao muro Logo mudando De opinião Passa de novo Do muro ao chão E pisa e passa Cuidadoso, de mansinho Pega e corre, silencioso Atrás de um pobre passarinho E logo pára Como assombrado Depois dispara Pula de...

O Leão

Leão! leão! leão! Rugindo como um trovão Deu um pulo, e era uma vez Um cabritinho montês Leão! leão! leão! És o rei da criação! Leão! leão! leão! És o rei da criação! Tua goela é uma fornalha Teu salto, uma labareda Tua garra, uma navalha Cortando a presa na q...

O Pato Pateta

Lá vem o pato Pato aqui, pato acolá Lá vem o pato Para ver o que é que há. O pato pateta Pintou o caneco Surrou a galinha Bateu no marreco. Pulou do puleiro No pé do cavalo Levou um coice Criou um galo. Comeu um pedaço De jenipapo Ficou engasgado Com dor no...

O Peru

Glu! glu! glu! Abram alas pro peru! Glu! glu! glu! Abram alas pro peru! O peru foi a passeio Pensando que era pavão Tico-tico riu-se tanto Que morreu de congestão O peru dança de roda Numa roda de carvão Quando acaba fica tonto De quase cair no chão Glu! glu!...

O Pinguim

Bom dia, pinguim Onde vais assim Com ar apressado? Eu não sou malvado Não fique assustado Com medo de mim Eu só gostaria De dar um tapinha No seu chapéu jaca Ou bem de levinho Puxar o rabinho Da sua casaca Quando você caminha Parece o chacrinha Lelé da caixola...

O Pintinho

Pintinho novo Pintinho tonto Não estás no ponto Volta pro ovo Eu não me calo Falo de novo Não banque o galo Volta pro ovo A tia raposa Não marca touca Tá só te olhando Com água na boca E se ligeiro Você escapar Tem um granjeiro Que vai te adotar O meu ovo tá e...

O Relógio

Passa tempo, tic-tac Tic-tac, passa hora Chega logo, tic-tac Tic-tac, vai-te embora Passa, tempo Bem depressa Não atrasa Não demora Que já estou Muito cansado E já perdi toda alegria De fazer meu tic-tac Dia e noite Noite e dia Tic-tac Tic-tac Dia e noite Noit...